Big Brother Brasil 11 – Bah, tá ruim, né?

Sabe, acho que não há por que mentir. Então aí vai: eu sempre assisti Big Brother (me envergonho disso e congratulo os que nunca perderam seu tempo nisso). Inclusive no ano passado eu quase me viciei, cheguei até a entrar em comunidade pró-Marcelo Dourado e votar incansavelmente para ele ficar na casa. Esse ano, porém, foi diferente. Não sei direito o que aconteceu. Foi a preparação pro vestibular que me clareou o cérebro? Finalmente cansei daquela merda? Esse ano está realmente muito pior do que de costume? Olha, talvez os três motivos. Eu não estou assistido esse ano, apenas peguei alguns flashs ao passar pela TV (a mut é uma grande fã, com direito a, depois do programa, correr para o Multishow e olhar mais meia hora). Sabe, eu realmente não sei como aguentei tanto tempo assistindo um programa de qualidade tão ruim. Primeiro, as provas estão muito mal elaboradas, super cansativas, sem emoção alguma. Segundo, poxa, já cansou vê-los gritar e pular na frente da tv, quando suas famílias são mostradas, né? Terceiro, o Pedro Bial tá um saco de se aguentar. Eu quase me obrigo a assistir a hora da eliminação, nas terças, só para vê-lo declamar seus textos dramáticos inspirados em bons filmes e livros. Sabe, o chato é que os textos nem são tão podres, o Pedro Bial não é de todo um escritor ruim, mas, puta merda, no contexto em que ele declama, fica MTO ridículo. Vamos começar pelo fato de que os participantes nem entendem o que ele fala, porque, vamos combinar, são muito burros. Depois, é fácil constatar que ele não está sendo sincero, pois, é óbvio que ele não sente nenhum afeto pelos confinados, pois trata-os como crianças ignorantes, que já têm um futuro medíocre pré-determinado. Sabe, eu quero que as atiradas, os playboyzinhos, os bagaceiros, os/as sem-moral e as pessoas burras me perdoem, mas sinto dizer que só  pessoas assim acabam lá dentro. Depois de 11 anos não podiam colocar pessoas que elevassem um pouco o nível daquela baixaria?! Claro que não… Se não não daria audiência, certo? Afinal, aparentimente é só disso que o brasileiro gosta. Se não, pq ainda estaria no ar o BBB? Obs.: nem vou comentar o fato de que todos dizem que entrar no Big Brother foi o sonho de suas vidas. COMO ALGUÉM PODE TER TÃO POUCA AMBIÇÃO/NOÇÃO??

Anúncios

5 comentários sobre “Big Brother Brasil 11 – Bah, tá ruim, né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s