Marcas do Destino

Rocky, no filme

Ahh, eu gosto de filmes estilo “A Bela e a Fera”, em que o rapaz não muito atraente fisicamente tem diversos outros atributos que o fazem encantador. Claro que prefiro quando há magia envolvida, e a fera é transformada em príncipe no final, mas mesmo quando a história é real, me cativa. Hoje olhei com a mãe um filme de 1985, The Mask ou, como foi traduzido no Brasil, Marcas do Destino, com a linda Cher (estou falando bastante dela, hein?). O filme conta a história verídica de Rocky Dennis, um rapaz que morreu adolescente devido a uma doença que ocorre mais ou menos uma vez a cada 22 milhões de nascimentos.

Rocky, na vida real

A doença consiste em um tipo de deposição excessiva de cálcio nos ossos do cranio, que vão crescendo sem parar, deformando a face da pessoa totalmente (eu não colei isso, realmente formulei sozinha! \o/). O filme não serve para poucos, pois é daquele tipo bem parado, um drama pessoal, há uma moral, interpretações ótimas, nada de ação nem de efeitos especiais, etc. A Cher e o ator que faz o Rocky estão ótimos, e a maquiagem é bem convincente. Coloquei algumas fotos referentes ao Rocky no post, deem uma olhada e, caso tenham ficado curiosos, baixem e assistam! Obs.: eu li um comentário bem legal sobre o filme em um blog, mas me esqueci de copiar o link para colocar aqui (e o comentário ¬¬). Mas lembro que comparava o Rocky ao John, do filme O Homem Elefante (um filme ótimo por sinal, e também baseado numa história real).

Eric Stoltz, que interpretou Rocky no filme

O cara do blog dizia que em vez de vermos o Homem Elefante solitário, sem amigos e sofrido, vemos um adolescente que, embora tenha deformação, tem amigos, anda de moto, coleciona cartinhas de beisebol e é, em suma, feliz.

  

Anúncios

7 comentários sobre “Marcas do Destino

  1. é a mania de olhar só a “casca”, tem muita gente que parece príncipe e princesa, mas por dentro é tão podre e feio que assustaria qualquer um. acabei de rever este filme no tcm e valeu muito !!!

    • Oi, Lucas! É, de fato, as vezes alguém parece ser da realeza de tão lindo, mas por dentro é extremamente feio e desagradável. É mais ou menos o que a Sarah (personagem principal de “A Princesinha”) alega: todas as meninas são princesas, desde que se comportem como tal… E claro que isso vale pros meninos tbm! Beijos, e obrigada por comentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s