Love Story

Hoje eu terminei de ler o romance “Uma História de Amor” (Love Story), de Erich Segal. Sim, é como o filme homônimo da década de 70 (só aqui não podemos dizer que o livro inspirou o filme, pois, pelo que eu andei lendo, foi após fazer o roteiro do filme que o Erich decidiu montar e publicar o livro, que foi um graaaande sucesso, tornando-se rapidamente um bestseller). Esse post vai se focar no livro, pessoal, e não no filme! Bom, o que dizer sobre ele? Comprei-o na Feira do Livro desse ano (me esqueci de dizer, mas fui mais duas vezes lá e saí cheeeia de livros), numa banquinha de sebos, pela pechincha de 2 reais. É um livro emocionante, com  capa dura e bem extravagante, e um pouco menos de 200 páginas (que têm a letra  bem grandinha). Eu devorei o romance. Comecei ontem de madrugada e acabei hoje. É o tipo de leitura que voa, que tu não percebe passar. Acho que o que a torna deliciosa é a simplicidade da escrita, a honestidade do relato de Oliver. Ahhh é, falando nos personagens: o romance é sobre Oliver e Jenny, um jovem casal que se apaixona na universidade, se casa e, infelizmente, encontra um obstáculo gigantesco (que nem o amor pode ultrapassar…). O lema do livro (e, por conseguinte, do filme) é bem conhecido e, embora hoje pareça brega, ainda o acho charmoso: “amar é nunca ter que pedir perdão”. Leiam, eu recomendo! Obs.1: outro dia faço um post do filme e da sua liiiinda trilha sonora, que demora horrores a sair da cabeça. Boa sexta!! Obs.2: chorei no capítulo final, e isso não costuma acontecer comigo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s